Coproporfirinas, Pesquisa

A pesquisa de coproporfirina relaciona-se com a patologia denominada porfiria, onde se verificam problemas com enzimas específicas na biossíntese do HEME. As porfirias são doenças relativamente raras ligadas a uma única sequência fisiológica, a produção do HEME, com manifestações muito variadas e de difícil diagnóstico. As porfirias constituem um grupo de doenças geralmente hereditárias, devido às alterações durante o processo de formação das porfirinas. As três porfirinas de importância clínica são: protoporfirina, uroporfirina e coproporfirina. A protoporfirina está amplamente distribuída pelo corpo e desempenha a função de precursor do grupo heme na composição da hemoglobina e mioglobina, bem como da catalase e dos citocromos. A uroporfirina e a coproporfirina, que são precursoras da protoporfirina, são normalmente excretadas em pequenas quantidades pelas fezes e urina. Os eritrócitos contêm pequena concentração de protoporfirina e coproporfirina. A coproporfirina pode estar aumentada em porfiria ALAD, porfiria variegata, Coproporfirina hereditária e na porfiria Aguda Intermitente. As coproporfirinas também podem aumentar na intoxicação por chumbo.

  • Material:

    Fezes

  • Preparo:

    - O paciente deve coletar as fezes no frasco estéril, sem uso de laxantes (salvo sob orientação médica)
    - Encaminhar ao laboratório em ate 40 minutos (em temperatura ambiente) ou até 12 horas (refrigerado em uma caixa de isopor com gelo, por exemplo).|
    - Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças utilizar coletor de urina, se necessário. 
    - Evitar o uso de talco, laxantes, antiácido, contraste oral (utilizado em exames radiológicos) e supositório nos 3 dias que antecedem ao exame e no dia da coleta.
    - Colher em frasco âmbar. 

  • Material:

    Urina amostra isolada

  • Preparo:

    - De preferência a 1ª urina da manhã ou com retenção urinária de no mínimo 2 horas.
    - Fazer uma higienização na região, com água e sabonete. Enxaguar e secar.
    - Desprezar o 1º jato de urina no vaso sanitário e sem interromper o jato (sem fazer pausa), colher o jato do meio no frasco estéril disponibilizado pelo laboratório (aproximadamente metade do frasco) e desprezar o final no vaso.
    - Fechar o frasco imediatamente e encaminhar ao laboratório em até 40 minutos (em temperatura ambiente) ou até 2 horas refrigerado (em uma caixa de isopor com gelo, por exemplo).
    - Utilizar frasco limpo e próprio para coleta de urina (protegido da luz). 

  • Material:

    Urina de 24 horas

  • Preparo:

    - Desprezar a primeira urina do dia no vaso sanitário.
    - Coletar a partir da 2ª urina do dia, dentro do frasco, lembrando que o jato inteiro da urina deve ser coletado.
    - Repetir o processo até a 1ª urina do dia, completando 24h.
    - É importante não perder nenhuma amostra de urina durante a coleta e o frasco deve ser mantido refrigerado durante todo o processo.
    - Encaminhar ao laboratório em até 40 minutos (em temperatura ambiente) ou até 2 horas (refrigerado em uma caixa de isopor com gelo, por exemplo).
    - Adicionar o bicarbonato de sódio 5g para cada 3 litros de urina, desde o início da coleta. 

Código CBHPM: 40313123

Resultados