• Home >
  • Exames >
  • Coronavírus 2019, Anticorpos IgA e IgG (COVID-19)

Coronavírus 2019, Anticorpos IgA e IgG (COVID-19)

O que é?
Testes sorológicos realizados em amostra de sangue para pesquisa semiquantitativa de anticorpos IgA e IgG anti-SARS-CoV-2.

Método:
Imunoensaio enzimático (ELISA) e Imunoensaio de micropartículas por quimioluminescência (CMIA)

Indicações:
- Pacientes sintomáticos na fase tardia, com SARS-CoV-2 não detectado ou se RT-PCR indisponível.
- Avaliação de retorno ao trabalho de profissionais da saúde.

Amostra:
Sangue (soro)

Quando coletar:
A partir do 8º dia do início dos sintomas, preferencialmente após o 14º dia.

Sensibilidade:
A sensibilidade determinada em pacientes sintomáticos com RT-PCR positiva para SARS-CoV-2, de acordo com o tempo de coleta do soro após o início dos sintomas, foi:
Até 10 dias:
• IgA: 36,0%
• IgG: 18,0%
De 11 a 20 dias:
• IgA: 92,0%
• IgG: 54,0%
Acima de 20 dias:
• IgA: 94,0%
• IgG: 100%
- A pesquisa conjunta de IgA e IgG aumenta a sensibilidade diagnóstica porque os pacientes com COVID-19 podem apresentar na primeira amostra IgA e IgG reagente, IgA reagente ou indeterminado isolado e, mais raramente, IgG reagente ou indeterminado isolado.
- IgA é considerado um marcador mais precoce, sensível e robusto de infecção pelo SARS-CoV-2 do que anticorpos IgM.

Especificidade:
A especificidade foi determinada em um grupo de pacientes sintomáticos com RT-PCR negativa para SARS-CoV-2, voluntários saudáveis.
• IgA: 93,4%.
• IgG: 99,3%.

Limitações:
- Falsos-negativos: principalmente quando realizada nos primeiros 10 dias após o início dos sintomas. Nova amostra deve ser coletada para avaliar soroconversão caso a primeira seja não-reagente e a suspeita de COVID-19 permaneça.
- Falsos-positivos: especialmente para IgA. Resultados reagentes ou indeterminados foram observados em amostras IgM e IgG reagente para CMV, EBV, Dengue e Mycoplasma pneumoniae. 4,0% e 2,0% dos voluntários saudáveis apresentaram IgA reagente e indeterminado isolado, respectivamente.
- Devido à menor especificidade do IgA em relação ao IgG, soroconversão de IgG deve ser demonstrada em nova amostra coletada 7 a 14 dias após um resultado IgA indeterminado ou reagente isolado, para excluir falso-positivo.
- Desempenho diagnóstico em pacientes assintomáticos não foi estabelecido.
- Ainda não há comprovação que anticorpos IgG estejam associados com o desenvolvimento de imunidade e interrupção da transmissão do SARS-CoV-2.

Código CBHPM: -

Resultados