Crioaglutininas

O exame se refere à dosagem de anticorpos, geralmente IgM dirigidos contra o antígeno I da membrana eritrocitária, que aglutinam hemácias humanas a 4° C, mas não a 37° C. Esta resposta não é específica, mas apresenta-se muito aumentada em infecção por Mycoplasma pneumoniae. O que se observa na infecção pós M. pneumoniae é uma alteração transitória do sistema autoimune hemolítico, o qual é caracterizado por altos títulos de crioaglutininas. Tais anticorpos são dirigidos contra o antígeno I, expresso nos oligossacarídeos, constituindo-se nos receptores para este microplasma na célula. O mecanismo responsável pela visualização da reposta imune contra este antígeno não está bem definido, contudo algumas suposições revelam a constituição do microplasma rica em lipídios, que, complexada com o receptor, serve como adjuvante para o antígeno I adjacente. Títulos de crioaglutininas são um dos primeiros parâmetros patológicos que se alteram durante a fase aguda da doença.
 

  • Material:

    Sangue

  • Preparo:

    - Jejum obrigatório de 4 horas ou conforme orientação médica.
    - Intervalo entre mamadas para lactentes. 

Código CBHPM: 40306755

Resultados