Teste do Pezinho Plus

O Teste do Pezinho é um exame laboratorial simples que tem como objetivo detectar precocemente doenças metabólicas, genéticas e ou infecciosas. O exame consiste na obtenção de uma amostra de sangue através de uma picada no pé do recém-nascido, durante os primeiros dias de vida. O sangue é armazenado sob a forma de pequenas manchas num papel de filtro contido em um cartão que é posteriormente utilizado para os testes laboratoriais.
Este perfil equivale aos exames: Fenilalanina (PKU) quantitativo, TSH neonatal, Hemoglobinopatias, Aminoácidos cromatrografia qualitativa, T4 neonatal, 17 OH Progesterona neonatal, Tripsina neonatal, biotinidase neonatal, galactose total (triagem neonatal), toxoplasmose IgM neonatal.

  • Material:

    Sangue

  • Preparo:

    - Jejum: Intervalo máximo entre as mamadas. 
    - Colher preferencialmente entre 3º e o 30º dia de vida e, no máximo, até o 90º dia. 
    - Coletar antes do 3º dia de vida apenas caso exista solicitação médica. 
    - Caso o recém-nascido tenha recebido transfusão sanguínea, recomenda-se aguardar, no mínimo, 120 dias para a coleta da triagem neonatal para hemoglobinopatias e galactosemia (particularmente G1FUT). Sugere-se aguardar, no mínimo , 10 dias para biotinidase, tripsina, TSH e fenilalanina. Para os demais analítos, o tempo ideal para a coleta não está bem estabelecido e deve-se colher conforme a orientação médica. 
     

Código CBHPM: Exame sem codificação

Resultados